/ Notícias / Participe da campanha “O que você faz feliz da vida?”

Participe da campanha “O que você faz feliz da vida?”

Publicado em

Conteúdos podem ser enviados até 18/09

O Coletivo de Psicológos do IFPR convida estudantes e profissionais a registrarem, em textos, fotos ou vídeos, respostas para a pergunta “o que você faz feliz da vida”?

A campanha, que faz referência ao Setembro Amarelo, tem o intuito de fomentar o debate sobre saúde mental a partir de outras narrativas, compreendendo o tema de forma não romantizada.

Saiba como participar:

O que você faz “feliz da vida”?

“Caminhar ao ar livre num dia de sol”, “estar em contato com a natureza”, “conhecer novos lugares”, “estar com as pessoas que amo”, “acampar”, “assistir ao pôr do sol”, “cozinhar”, “estar com meu/minha filho(a)”, “aprender e experimentar coisas novas, como treinar violão”, “estar com meus cachorros/gatos”, “ler e sentir o pulsar de outras realidades possíveis”…

Sabemos que a vida nos movimenta de várias maneiras, que temos diferentes formas de estar, de compreender e viver nossas experiências: o que sentimos, o que vemos, o que encontramos… e tudo isso está sempre se transformando.

Hoje, o que você sente que o faz “feliz da vida”, o que faz com prazer?

Como participar?

Envie sua foto ou vídeo, indicando se quer ou não ser identificado – nome, campus -, e fique atenta(o) às informações abaixo.

Ao enviar uma foto/vídeo, você pode:

  • incluir um texto para anexar à postagem;
  • deixar que seu rosto apareça ou não.

Ao enviar um vídeo, preste atenção:

  • não ultrapasse 15 segundos, deixando um tempo de 4 segundos antes e depois de terminar a gravação;
  • no áudio, evite ruídos indesejados.

Queremos mobilizar uma rede de manifestações da vida de cada um, recebendo e partilhando os modos como você está em contato com a sua vida, como nós estamos em contato com as nossas vidas.

Participe!

Envie seu material para thaysa.valente@ifpr.edu.br até o dia 18/09!

Fotos e vídeos serão publicados nas redes sociais de todos os campi do IFPR.

Para acessar a notícia original no site da Reitoria clique aqui

Leia mais

Topo