/ Notícias / Campus Avançado Astorga desenvolve protetor facial de baixo custo para hospital regional

Campus Avançado Astorga desenvolve protetor facial de baixo custo para hospital regional

Publicado em

Enfermeiro em ambiente de trabalho usando roupa de proteção azul escuro, máscara de boca e nariz azul clara e protetor facial de acetato translúcido. Ele está em pé mostrando os polegares em posição de "jóia"
Equipe de enfermeiras do Hospital Regional João de Freitas utilizando o modelo de protetor facial desenvolvido pelo IFPR

Atendendo a solicitação de uma enfermeira do Hospital Regional de Arapongas, o Campus Avançado Astorga desenvolveu um modelo de baixo custo que permite a troca do visor do protetora facial a um custo de aproximado de R$ 1,00 por unidade.

Com os hospitais tendo dificuldades para adquirir o EPI durante a pandemia, o IFPR Colombo havia desenvolvido um modelo de protetor facial de acetato produzido em plotter, que foi compartilhado com diversos professores de todo o estado.

A partir do modelo desenvolvido em Colombo, o professor Bruno Strik elaborou uma versão simples da máscara de acetato que não precisa ser produzida em plotter, reduzindo o custo e aumentando a disponibilidade.

protetor facial de acetato. Máscara facial translúcida com tira de segurança preta.
protetor facial de acetato

Leia mais

Topo